1 – Apresenta problemas frequentemente


É óbvio que aparelhos tecnológicos eventualmente precisam de manutenção, porém, se isso ocorre com muita frequência em seu PABX, é um mau sinal. Às vezes passa despercebido e até mesmo pode-se pensar que é normal, mas não é. Frequentemente o técnico está levando o equipamento para consertar e analisar em laboratório ou se já foi necessário muitas vezes que se substituísse as placas de ramais e as placas de linhas analógicas, sinais evidentes de problemas.

2 – Reclamação de clientes sobre o atendimento


Reclamações são necessárias para que se saiba onde é um ponto que se pode melhorar. Porém, se ocorrem com frequência é importante checar o que está acontecendo de errado. Principalmente se a grande reclamação de seus clientes é que nunca são atendidos, mas você checa e vê que o telefone não tocou em nenhuma das vezes. Fique atento ao feedback de seus clientes. Pode ser valioso para encontrar falhas em equipamentos internos como nesse caso do PABX.

3 – Baixa produtividade


Seus colaboradores que tinham um ótimo desempenho estão com baixo desempenho? Pode ser um problema em sua central PABX. Como no caso descrito acima, se investigado afinco verá que o problema tem origem do mesmo lugar, porém de visões opostas. Para o cliente soa como um mau atendimento e para a empresa baixa produtividade. Por isso é importante que sua central PABX esteja 100% para que seus colaboradores possam trabalhar com a eficiência que sempre ofereceram.